Características dos seres vivos

0
71

 

Todos os seres vivos possuem algumas características que comparilham entre si e que são comuns a todos eles.

Todos eles possuem uma composição química semelhante formada principalmente pelos átomos de Nitrogênio (N), Oxigênio (O), Carbono (C), Hidrogênio (H), Fósforo (P) e Enxofre (S).

Esses elementos se agrupam para formar moléculas que podem ser orgânicas ou inorgânicas.

As moléculas inorgânicas são os sais minerais e a água. e as moléculas orgânicas são inúmeras sendo as principais as proteínas, os lipídios, os carboidratos, as vitaminas e os ácidos nucleicos.

Todos os seres vivos são constituídos por estruturas fundamentais, as células, que podem ser procariontes ou eucariontes e os organismos podem ser unicelulares ou pluricelulares.

Outra característica importante dos seres vivos é a sua capacidade de replicação de suas estruturas e a reprodução que pode ser sexuada com troca de material genético ou assexuada onde não ocorre o intercâmbio de material genético.

Todos os organismos vivos precisam de alimento com o qual suprem suas necessidades de obterem substâncias orgânicas e minerais para o seu metabolismo.

O metabolismo também é uma função comum a todos os seres vivos. O metabolismo é caracterizado pelas transformações que as substâncias sofrem pelo trabalho fisiológico dos organismos para produzir energia ou materiais complexos que fazem parte da construção de suas estruturas.

O metabolismo pode ser anabolismo que é a síntese de biomoléculas complexas a partir de moléculas monoméricas precursoras mais simples ou catabolismo que é degradação, quebra ou lise de moléculas complexas em outras mais simples.

Os seres vivos ainda guardam entre si o crescimento como característica comum, e a evolução através da seleção natural com adaptação, mutação e variabilidade genética que mantém as características mais favoráveis à sua sobrevivência.

A capacidade de perceber e captar os estímulos do meio ambiente e reagir a eles também é uma característica comum à existência da vida.

Ainda o movimento que advém da característica anterior, é uma atividade inerente a todos os organismos. Movimento não significa propriamente locomoção. Os tipos de movimento podem ser tropismo. tactismo e nastismo.

Por fim, todos os organismos vivos possuem um código que orienta a formação das estruturas que os constitui, o código genético contido nas moléculas de DNA.

ONDE PESQUISAMOS – Clique e saiba. Todos os direitos reservados – © Copyright 2015/2017 – Biota do Futuro.

Deixe uma resposta